Marco Masini

From Wikipedia, the free encyclopedia
Jump to: navigation, search

Marco Masini (Florença, 18 de Setembro, 1964) é um cantor e músico italiano famoso, mundialmente denominado como o Rei do Rock Opera. É também conhecido como A furia, apelido pelo qual ficou conhecido na década de 1990 por sua maneira extravagante e ousada de cantar, seu sucesso mais marcante foi vaffanculo do qual foi o motivo do mesmo ser perseguido por politicos italianos que o estavam acusando de causar pensamentos suicidas e de grande teor raivoso entre os adolescentes. Marco Masini foi um dos pioneiros e principal idealizador do movimento conhecido como MMI (Moderna Música Italiana). Uma de suas maiores virtudes era a sua voz, devido ao seu alcance vocal, que atingia, segundo especialistas, notas musicais de difícil alcance para um cantor popular. A crítica especializada reconhece seu expressivo ganho, em extensão, com a maturidade; além de virtuoso senso rítmico, força interpretativa e um timbre de voz que o destaca entre os cantores populares, sendo avaliado como um dos maiores e por outros como o melhor cantor popular do século 20 e 21.1

Primeiros Anos[edit]

Começou sua carreira em 1988 na lendária gravadora Sony Music e era acompanhado pelo guitarrista Riccardo Cherubini, Marco Masini tornou-se um dos maiores ícones da cultura popular mundial do século XX. Entre seus sucessos musicais podemos destacar "T'innamorerai", "Pequeño gran Chopin", "L'eterno in un momento", "L'amore sia con te", "La libertà", "L'uomo volante", "Uomini", "Gli occhi dell arno", Na Europa, canções como "T'innamorerai", "E ti amo", "Dal buio" e "Principessa" fizeram sucesso. Particulamente no Brasil, foram bem-sucedidas as canções "Cuccioli", da qual a cantora brasileira Deborah Brando fez uma versão (A luz que ascende o olhar) "Disperato", "Dio non c'e" e "Vai con lui".[citation needed]

Perseguição Politica e Fama Mundial (1987–2014)[edit]

Após ser perseguido pelos politicos italianos que achavam que Marco Masini representava uma ameaça a nação italiana o mesmo foi obrigado a se exilar nos Estados Unidos por 2 anos em 2000 o mesmo retornou a italia em 2002 e em 2003 lançou a canção que levaria seu nome ao mais alto podio de vencedores da música italiana, com o album E ti amo ele venceu o festival de san remo com a canção l'uomo volante e entrou para a historia da música italiana, o sucesso foi tão grande que muitos analistas comparam o total de vendas de discos superam 200 milhões, se igualando ao rei Roberto Carlos no Brasil, novos sucessos advieram, como "L'Italia" (logo após seu exilio), "Il Buffone del Momento", "Se potessi Rinascere", "Aspetami lì" e "Io ti volevo". Quase Trinta anos após o estouro de seu primeiro sucesso, Marco Masini ainda é um dos artistas de maior sucesso comercial do mundo, estando na lista de artistas com maior número de "Sucessos" nas paradas mundiais e sendo o artista solo recordista em vendas de discos, com mais de 200 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo.

Carreira Polêmica[edit]

Possivelmente Marco Masini seja o artista com o maior número de covers em todo o planeta, até 2014. Os primeiros covers provavelmente surgiram nos anos 90 nos Estados Unidos e foram se espalhando por todo o mundo nos últimos anos, atualmente são realizados vários concursos em todo o mundo. Por toda essa quantidade, e segundo alguns, sem qualidade, os covers são criticados por sua suposta falta de individualidade, ocasionando assim, uma suposta vontade incontrolada de simplesmente só se parecer com o seu ídolo, sem com isso ter uma identidade própria, além do mais, também são bastante criticados por parecerem caricatos demais, tanto na forma que cantam quanto na forma de dançar. Os críticos em geral afirmam que eles deveriam divulgar Marco Masini de uma forma menos "caricatural", ou seja, cantando sem os trejeitos e com roupas consideradas "normais". Os admiradores dos covers no entanto, acham que isso é pura e simples inveja, já que muitos covers se apresentam em programas de televisão e fazem shows nos seus respectivos países, além do que, em alguns casos raros, gravam até discos. O fato que parece inegável é que o número de covers cresce a cada ano, inclusive, os shows na Italia estão sempre lotados e até mesmo no Brasil. Em 2006 gravou um album com Umberto Tozzi, um dos maiores nomes da música italiana moderna, o album se tornou lendário e até hoje é um dos mais vendidos, Marco Masini canta a canção Ti Amo de Umberto Tozzi e em contra partida Umberto Tozzi Canção o maior sucesso de Marco Masini L'uomo Volante


Discografia[edit]

Marco Masini - Dal Tuo Sguardo in poi 1987

Marco Masini - Uomini 1989 Uomini (Homens) Bugie (Mentiras)

Marco Masini - Dal Buio 1990

Vai Con Lui (Vai com ele) Dentro di Te Fuori Dal Mondo (Fora de dentro do mundo) Disperato (Desesperado) Caro Babbo (Caro Pai) Ci Vorrebbe Il Mare (Te sinto no mar) Le Ragazze Serie (As moças mais serias) A Cosa Pensi (O que você pensa?) Dal Buio (Escuridão)

1990 - Marco Masini 1991 - Malinconoia 1993 - T'innamorerai 1995 - Il cielo della vergine 1998 - Scimmie 2000 - Raccontami di te 2001 - Uscita di sicurezza 2005 - Il giardino delle api 2009 - L'Italia... e altre storie 2011 - Niente d'importante 2013 - Io ti Volevo


Shows e Espetáculos[edit]

Em 2013 e 2014, Marco Masini lançou-se aos palcos com mais intensidade que nunca antes visto, após 1 ano de afastamento voluntário do contato direto com o público. O lugar escolhido foi Florença, local, onde passou a realizar várias temporadas anuais regularmente; aclamadas pela crítica e público. Roma, seria, em verdade, sua grande escola. Marco Masini não era "Das Noites", não passara anos a fio cantando na noite e se saia do anonimato para o esplendor em muito pouco tempo. Nos anos 90, suas apresentações explosivas eram, em verdade, espontâneas e intuitivas; tão fascinantes como, de certa forma, ingênuas e amadoras. Pois, a partir do ano 2000, Marco Masini amadureceria sua performance e se tornou um cantor experiente e com domínio cênico, além de ser avaliado como fantástico pela crítica, além de profissional e exuberante. E excêntrico, com suas roupas ainda mais extravagantes e estilizadas. O ano de 2013 também foi marcado por sessões de gravação muito produtivas e pela escolha de um repertório e equipe musical de grande qualidade. A resposta foi imediata: "Niente di Importante", "Colpevole" e "Quello che adesso non so" tornam-se "big hits" em todo o mundo.


O retorno do Exército[edit]

No final dos anos 80 Marco Masini foi servir ao exército Italiano e durante esse periódo sua mãe encontrava-se doente e por isso afetava muito o funcionamento de Marco Masini, após ser recrutado e retornar a sua residência sua mãe falece de cancer um dia após seu retorno, tornando aquele dia o pior dia da história do cantor. Marco Masini estava totalmente desemotivado em seguir em frente com os arranjes musicais, quando em 1987 fez um compacto com Rosseta Calentano cantando a música Dal tuo Sguardo in Poi, da qual foi a primeira e rara apariçao do cantor em 1989 trouxe o Sucesso Uomini (Homens) do qual Retrava o homem como um meteoro que passa e destroi tudo o que encontra.

References[edit]

External links[edit]