Vitorino

From Wikipedia, the free encyclopedia
Jump to: navigation, search
Vitorino
Vitorino2014.06.JPG
Vitorino in March 2014
Background information
Birth name Vitorino Salomé Vieira
Born (1942-07-11) 11 July 1942 (age 74)
Redondo, Portugal
Origin Portugal
Occupation(s) Singer-songwriter

Vitorino Salomé Vieira (born 11 July 1942), commonly known simply as Vitorino, is a Portuguese singer-songwriter.[1] His music combines the traditional music of his native region of Alentejo and urban popular song.

Vitorino singing in the Bleckkirche, the most historic church of Gelsenkirchen

Discography[edit]

Albums[edit]

Semear Salsa ao Reguinho (LP, Orfeu, 1975) co-produced with Fausto Bordalo Dias
Se fores ao Alentejo
Semear salsa ao reguinho
Cantiga dum marginal do séc.XIX
A Primavera do Outono
Ó patrão dê-me um cigarro
São saias, senhor, são saias
Dizem p'ra 'í que chegou
Cantiga de uma greve de Verão
Temos a força dos ventos
O tudo é todo nosso
Menina estás à janela
Morra quem não tem amores
Vou-me embora vou partir
Os Malteses (LP, Orfeu, 1977)
Alentejo és nossa terra
Rouxinol repenica o cante
Oh Beja, terrível Beja
Barrancos és minha terra
Saias da União Cooperativa do Redondo
O maltês
Cantares do mês d' Outubro
Fui colher uma romã
Marcha da patuleia
Chamaste-me extravagante
Maio
Lindo ramo verde escuro
Não Há Terra Que Resista - Contraponto (LP, Orfeu, 1979)
Delicada da cintura
Não há terra que resista
Litania para um amor ausente
Contos do príncipe real
Maria dos mil sorrisos
Maria da Fonte
Dá-me cá os braços teus
Porque me não vês Joana
Quadras soltas (de embalar)
Viva a rainha do sul
Diz a laranja ao limão
Sedas a vento
Romances (LP, Orfeu, 1981)
Catrapiado
Laurinda
Dona Filomena
Bela Nau Catarineta
Eu hei-de amar uma pedra
Em 25 de Março
Senhora Maria
Levantar ferros
Mana Isabel
Sospirastes baldovinos
Indo eu por 'í abaixo
Oh! que janela tão alta
Flor de La Mar (LP, EMI, 1983) Leitaria Garrett (LP, EMI, 1984)
Abertura
Saias da vila do Redondo
Menina estás à janela
Postal para D.João III (ao Zeca Afonso)
Cantiga partindo-se
Poema
Ai os modos de ser lágrima
Confissões (Nunca fui além)
Leitaria Garrett
Andando pela vida (a Lia Gama)
Tragédia da rua das Gáveas
Tinta verde
Carbonárias (final)
Sul (LP, EMI, 1985)
Negro Fado (LP, EMI, 1988) PJA
Cantigas de Encantar (Cassette, EMI, 1989)
Eu Que Me Comovo Por Tudo e Por Nada (CD, EMI, 1992) PJA
As Mais Bonitas (Compilação, EMI, 1993)
A Canção do Bandido (CD, EMI, 1995) CAND PJA
Fado alexandrino
Tocador da concertina
Fado triste
Fado da prostituta da rua S. António da Glória
Nasci para morrer contigo
Fado do pedinte da Igreja dos Mártires
Cruel vento
Fado Isabel
Veste de noite este quarto
Fado da pré-reforma
Rigoroso do pescador da marginal
Fado do jovem velho
Os nomes do amor
La Habana 99 (CD, EMI, 1999) with Septeto Habanero
Alentejanas e Amorosas (CD, EMI, 2001)
As Mais Bonitas 2 - Ao Alcançe da Mão (Compilation, EMI, 2002)
Utopia (CD, EMI, 2004) with Janita Salomé
Ninguém Nos Ganha Aos Matraquilhos! (CD, EMI, 2004)
Tudo (Compilation, EMI, 2006)
Abril, Abrilzinho (CD, Público/Praça das Flores, 2006)

Ao Vivo - Vitorino a preto e branco (CD, Magic Music/Vitorino, 2007).

Tango (CD, Magic Music/Vitorino, 2009).

Viva a República (CD de dois originais, comemoração centenário implantação da República, Diário de Notícias/Montepio, 2010).

Other compilations[edit]

  • Queda do Império - Colecção Caravela (Compilation, EMI, 1997)
  • O Melhor dos Melhores nº 43 (Compilation, Movieplay, 1996)
  • Clássicos da Renascença nº 84 (Compilation, Movieplay, 2000)
  • Menina Estás À Janela - Colecção Caravelas (Compilation, EMI, 2004)
  • Grandes Êxitos (Compilation, EMI, 2006)

Singles[edit]

  • Morra Quem Não Tem Amores (Single, 1974)
  • Menina Estás À Janela/Tinta Verde dos Teus Olhos (Single, Orfeu, 1983)
  • Joana Rosa (Máxi, EMI, 1986)

References[edit]

  1. ^ "Macao Arts Festival". Retrieved 14 June 2010.